New York Times: Bolsonaro é o “menor e mais mesquinho” dos líderes globais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
O presidente eleito, Jair Bolsonaro, participa de almoço com artistas sertanejos, no Clube do Exército, em Brasília.

A edição internacional do The New York Times traz nesta segunda-feira (26), na capa um artigo intitulado “A devastação da Amazônia por todo o Brasil”, no qual o presidente Jair Bolsonaro é classificado como “o menor e mais maçante” dos líderes mundiais.

O texto afirma que o primeiro sinal de que a Amazônia não teria um bom ano foi a demissão do diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão, após o cientista ter divulgado dados alarmantes sobre o desmatamento da floresta amazônica em 2019.

Leia mais: Exame

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Política 21

Política 21

Deixe seu comentário

1 comentário em “New York Times: Bolsonaro é o “menor e mais mesquinho” dos líderes globais”

  1. Boa noite! Eu vivo em Portugal, mas tenho amigos e amigas no Brasil, na área da literatura. Quanto ao presidente Jair Bolsonaro, o seu discurso é revelador de muita incultura/impreparação. Como cidadão português, foi uma surpresa saber que cinquenta e seis por cento dos eleitores votaram nele. Na minha opinião, foi um passo para o abismo. E por aqui me fico, pois, como estrangeiro, não tenho legitimidade para interferir na vontade maioritária do povo brasileiro.
    Os meus cumprimentos.
    José-Augusto de Carvalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *